HISTÓRIA

 

 

Fascinado por música e eletrônica desde a infância, o idealizador da marca Diasound, Afrânio  Correia, iniciou sua trajetória  na cidade de Posse – GO, em meados dos  anos 70 e 80,  quando, ainda adolescente, dedicava a maior parte do seu tempo a ouvir música, ler sobre assuntos técnicos e executar as mais diversas experiências. Um dos seus primeiros desejos na infância era possuir um radiozinho de pilhas para ouvir música. A admiração por rádios, especialmente de comunicação, o fez ingressar no radioamadorismo e, alguns anos depois, colecionar rádios antigos, mantendo hoje uma coleção com quase 400 aparelhos e também alguns equipamentos de rádio comunicação de uso pessoal.

Na época, vivendo em pequena e pacata cidade do interior, o rádio era a opção mais acessível para ouvir música. Possuir um equipamento de som razoável não era fácil e geralmente só os adultos com boa renda tinham acesso. Mas nada disso o impedia de apreciar música e, às vezes, se aproximar de bares e danceterias para ouvir o som de bandas tocando ao vivo, ouvir  música nas casas de vizinhos e amigos ou até mesmo escalar paredes para entrar escondido durante a noite no gabinete do seu pai – que era dentista e mantinha tudo fechado para evitar que os filhos desmontassem seus aparelhos – somente para ouvir música com os ouvidos colados em seu rádio que, por ser equipado com um excelente alto falante full-range, reproduzia o som com bastante fidelidade.

Logo conseguiu um bom radiozinho de pilhas, que era companhia fiel, especialmente quando  ia para a fazenda dos seus pais, e, em seguida, um rádio automotivo, que o levou a pesquisar sobre eletromagnetismo, propagação e antenas e a montar sua primeira caixa acústica, por volta de 1985, usando madeira que pegara escondido do pai e levara até uma marcenaria para obter cortes perfeitos. Era uma caixa acústica de duas vias, com bom acabamento e ótimo desempenho para a época, razão pela qual atraiu interessados e foi facilmente vendida logo que investiu em outro equipamento.

Começou ouvindo músicas em rádios AM (OM e OC), depois em rádios FM, fitas cassete, discos de vinil, CDs e Mini Disc, até surgirem os meios atuais.  Mesmo valorizando e apreciando aquilo que possuía, percebia que tudo sempre poderia ser melhorado e foi assim que sempre esteve empenhado na busca do aperfeiçoamento e da perfeição absoluta, inclusive, recentemente, investindo muito em parcerias para aperfeiçoamento da parte de áudio digital.    

Desde o início, a evolução foi se dando de forma gradativa e constante. Essa primeira parte da história foi marcada por muitas peculiaridades, indispensáveis para a formação de toda uma base para o futuro, inclusive o refinado gosto musical! Na época, elaborava experiências de todas as naturezas, não somente com química, eletricidade, radiofrequência, eletrônica e acústica!  Nesse período, conviveu com todas as limitações tecnológicas, sempre às voltas tentando aperfeiçoar cabeças de gravação e reprodução de fitas magnéticas, eliminar coloração de caixas acústicas, etc.!  

Mesmo morando numa cidade do interior, enxergava o mundo e chegou até a trocar correspondências com fabricantes de aviões e instituições ligadas a  astronomia nos Estados Unidos e europa, sempre buscando informações para dar suporte à sua atípica curiosidade por tudo que envolvia eletrônica, música, astronomia, aviação, história, etc. Para traduzir as cartas, pedia ajuda ao padre que era diretor do colégio onde estudava!  

São muitas as passagens e, se tivesse sido diferente, certamente não existiria hoje a marca Diasound!      

Com essa base, o caminho a seguir já estava bem definido. Mudou-se para a capital, Brasília-DF, cursou eletrônica e fundou com seu irmão, também fascinado por música e profissionalmente bem qualificado em eletrônica, em 1991,  a empresa hoje denominada Weltmarken Elektronik, que inicialmente prestou serviços técnicos de alta tecnologia em telecomunicações e, a partir de 1993,  passou a desenvolver e a comercializar equipamentos eletrônicos, montados em parceria com empresas estrangeiras. O negócio cresceu rapidamente,  gerando recursos para continuar investindo, especialmente em instrumentos e material didático altamente especializados.    

Na constante busca por inovações tecnológicas, visitou feiras e fornecedores em vários países e teve acesso a alguns dos mais conceituados equipamentos de áudio existentes. Muito perfeccionista, sempre tratou como pessoal tudo que envolvia áudio, pois se não agradasse aos próprios ouvidos não havia nenhum interesse em comercializá-los.

Em 1997, em viagem ao Japão, conheceu a Diatone, muito admirada pela qualidade excepcional dos drivers que produzia desde os anos 40. Divisão do grupo Mitsubishi Electric, era também conhecida pelos investimentos recebidos, no final dos anos 80, para desenvolver drivers de alta fidelidade destinados à reprodução do áudio digital dos CDs.

Na época, a qualidade desses drivers agradou, especialmente quanto ao alto falante e ao tweeter que equipavam uma caixa acústica encomendada pela rede de TV NHK.  Nessa ocasião, decidiu importar um lote de caixas acústicas DS1000ZX e DS V 5000, cuja fidelidade sonora excedia a maioria das concorrentes europeias de mesmo porte!  

Após alguns meses de avaliação, em 1998, em Koryama, no Japão, criou a marca “Diasound” e negociou um acordo técnico-comercial para produzir e comercializar caixas acústicas high-end nos Estados Unidos, com a Diatone fornecendo os drivers em regime OEM.  Ainda no mesmo ano, em virtude de uma reestruturação no grupo Mitsubishi Electric, as atividades da Diatone foram suspensas e em decorrência disso o projeto Diasound nos Estados Unidos foi encerrado em 1999.

Como em uma caixa acústica os drivers são os componentes mais importantes e conseguir um fabricante para produzi-los no padrão desejado é sempre um desafio, o único caminho foi usar as referências e experiências já acumuladas e continuar pesquisando, já que, em se tratando de equipamentos de áudio, não havia interesse em atuar apenas como importador e distribuidor de marcas. Ciente de que novas descobertas não dependem unicamente de tempo, prosseguiu se dedicando, mas sem qualquer previsão estabelecida.

A partir de 2006, cuidando dos negócios e também da mãe, que, por problemas de saúde, passou a depender de cuidados especiais de familiares, iniciou uma nova fase, sem objetivos exclusivamente comerciais!  Com capital disponível, investiu em softwares e instrumentos de última geração e maquinário customizado para desenvolvimento, ensaios e montagem de caixas acústicas high-end.

Livre de apelo comercial, mas com muito conhecimento acumulado e dedicação, o objetivo  passou a ser uma realização pessoal, tornando o projeto um plano extremamente diferenciado. A partir de então, fechou parcerias com alguns gênios da eletrônica, eletroacústica e fornecedores de insumos e serviços, visando estabelecer um novo padrão de caixas acústicas, cujos protótipos, com projetos, design e componentes exclusivos, inclusive alto falantes e tweeters, começaram a ser testados em 2011.

A partir de 2011 o projeto mais audacioso evoluiu rapidamente para um sofisticado sistema de som, com servidor de música, streamer, interfaces e clocks de alta precisão, DSP, DAC e as caixas acústicas ativas, equipadas com amplificadores de altíssima fidelidade. Desde então, toda a parte eletrônica – desde o servidor de música “music server” até os drivers – foi sendo desenvolvida e aperfeiçoada com a aplicação de critérios extremamente minuciosos, a fim de atingir o mais elevado nível de fidelidade possível. Aos poucos todos os limites foram sendo excedidos, transformando todas as expectativas em algo inimaginável!

A última fase também foi marcada pelas parcerias com  gênios da eletrônica e eletroacústica  e com fornecedores que desenvolveram partes dedicadas, como o crossover DSP de altíssima resolução, DAC de última geração, MCU, fontes de alimentação especiais, amplificadores classe A/B de alta fidelidade, materiais especiais para produção de gabinetes e componentes em geral, inclusive os alto falantes e tweeters. Foram firmadas parcerias com gênios e empresas de alta tecnologia da Europa, Ásia, Estados Unidos e Austrália.

São muitos os detalhes e hoje tudo até pode parecer um sonho, mas quando lembradas as inúmeras passagens que marcaram toda a trajetória de quase 40 anos, entendemos que o sonho nada mais é que, enfim, uma realidade, difícil de ser compreendida até mesmo pelo protagonista dessa história!  

Hoje entendemos a complexidade que existe por trás de algo que parece simples, mas que não é! Entendemos a importância dos dons auditivos associados ao domínio da eletrônica e da eletroacústica. Raramente uma única pessoa possui ou consegue unir todos esses e outros requisitos e, sem essa convergência, se torna praticamente impossível desenvolver equipamentos com tantos critérios, inclusive na parte dos gabinetes, que também demandou muita dedicação e investimento! 

Somente após concluir, comparativamente, que nasceu com uma sensibilidade e percepção auditiva diferenciada e associá-la com outros dons, vocações e requisitos essenciais, é que o idealizador pôde compreender as razões de sua fascinação por música e a incessante e incondicional busca pela qualidade técnica dos equipamentos de áudio, especialmente das caixas acústicas! Enfim, foi entendendo a própria trajetória que pôde compreender por que boas caixas acústicas e alguns equipamentos de áudio estado da arte são tão raros e custam tão caro!

Sabemos onde começamos, passamos, estamos e para onde devemos seguir!  Sabemos que sem determinados dons, mesmo dominando a eletrônica e a eletroacústica, nada do que foi alcançado seria possível! Por essas e outras razões, consideramos a marca Diasound o símbolo da trajetória de toda uma vida de dedicação de quem foi abençoado com um dom auditivo raríssimo e que soube valorizá-lo, se dedicando também aos outros quesitos essenciais, como as já mencionadas eletrônica e eletroacústica!

É com o espírito de quem, desde criança, sempre teve a mente aberta para o mundo e nunca confundiu fronteiras com barreiras, que iniciamos a produção de caixas acústicas high-end no Brasil, para exportação e também para atender à demanda nacional!  Poderia ser em outro país, mas, nesse momento, em nenhum outro (além de outras vantagens) teríamos uma das matérias-primas mais exclusivas do mundo: o composto de madeiras que foi desenvolvido exclusivamente para a produção dos gabinetes!

Ao mesmo tempo, com espírito globalizado, aplicaremos somente insumos de alta tecnologia e qualidade excepcional, pois fechamos parcerias com gênios e fornecedores com a mais elevadas reputações em todo o mundo! Dessa forma, para nós, o estabelecimento de preferência por países ou regiões específicas, apenas por já sediarem empresas de marcas popularmente conhecidas, seria impor uma limitação especialmente na qualidade final, como é o caso de gabinetes produzidos com composto de madeiras de baixa reputação e capim, muito comuns em alguns desses países!   

A fase entre 2006 e 2016, marcada pelo recolhimento para cuidar da mãe, acabou se tornando a mais importante de todas, com condições impossíveis de existirem na normalidade do ambiente técnico industrial. Nesse período, inclusive, foi desenvolvido o sistema Anna, que continuou sendo aperfeiçoado até atingir, em 2019, o mais perfeito estado da arte e se tornar uma referência estratégica única para o desenvolvimento de outros modelos, incluindo o Summa, já disponível comercialmente.  O nome Anna é uma homenagem à mãe, que partiu em 2015,  por sua influência nesse projeto tão audacioso!     

Em agosto de 2019,  após dois anos de muita pesquisa e desenvolvimento, teve início a produção das primeiras caixas acústicas Summa.  Verdadeiras obras de arte, as caixas Summa impressionam em todos os aspectos e foram desenvolvidas seguindo critérios aplicados no sistema Anna!

O sistema Anna, por ser muito audacioso e ter se tornado uma referência estratégica, estará disponível na versão comercial somente no segundo semestre de 2020. Outros modelos de caixas acústicas, bem como music server, DAC e amplificadores de áudio estado da arte serão disponibilizados em 2020 e 2021.

Esse é apenas um resumo da história da marca Diasound, que para ser descrita em detalhes demandaria um livro, com toda a biografia dos envolvidos, especialmente do idealizador! Escrever essa história em detalhes é importante para esclarecer que, apesar de aparentemente ser uma marca nova, na realidade antecede muitas marcas consideradas antigas!

Praticamente todas as marcas de caixas acústicas e equipamentos de áudio high-end  tiveram seu início com equipamentos simples, que vão se desenvolvendo e evoluindo com o tempo. No caso da Diasound, como o cliente mais importante sempre foi o próprio idealizador, esse não mediu esforços e teve a seu favor todas as condições para se dedicar pessoalmente e investir recursos financeiros por muitos anos até atingir um nível inimaginável, antes de disponibilizá-la comercialmente!   

O sistema Anna é então uma referência exclusiva de alto nível, testada e aprovada durante anos de amadurecimento, e por isso falaremos em breve sobre a importância de uma referência de tal magnitude para desenvolver equipamentos mais simples e econômicos, mas de desempenho excepcional!

Estamos iniciando um novo capítulo e, de agora em diante, todos poderão fazer parte dessa história! Muito em breve as caixas acústicas e outros equipamentos high-end, estado da arte, da marca Diasound estarão proporcionando momentos inesquecíveis em todo o mundo!  

                          

DIASOUND is a Weltmarken Elektronik Trademark.

DIATONE is a Mitsubishi Electric Trademark.